Notícias Sindifisco-RS


07/04/2010 - LOF GAÚCHA É SUCESSO EM EVENTO NA CAPITAL FEDERAL

O delegado representante do Sindifisco-RS Carlos Alberto Agostini participou, nessa quarta-feira (7), do seminário "Lei Orgânica do Fisco: boa para a sociedade, essencial para o Brasil", no auditório Nereu Ramos da Câmara Câmara dos Deputados, em Brasília, promovido pelo Sindifisco Nacional (ex-Unafisco). Ele liderou a comitiva gaúcha de colegas que esteve presente no evento, organizado por entidades representativas de carreiras do fisco federal. A vitória obtida pela categoria do Rio Grande do Sul com a aprovação das Leis Orgânicas no Estado foi bastante destacada no seminário. 
 
O delegado representante do Sindifisco-RS relatou ontem o interesse dos participantes do seminário em torno da proposta sobre o assunto aprovada recentemente no Rio Grande do Sul. O seminário, conforme Agostini, recebeu dezenas de parlamentares ao evento (pelo menos 25 deputados na parte da manhã e outros 30 à tarde), numa demonstração inequívoca do surgimento de uma nova compreensão não apenas dos parlamentares, mas principalmente da sociedade em torno da necessidade de fortalecer os mecanismos de gerenciamento da administração tributária no País.

De acordo com ele, diversos dos parlamentares presentes ao evento fizeram uso da palavra no sentido de valorizar os profissionais que atuam na Receita Federal do Brasil e nas Administrações Tributárias estaduais."É sem dúvida um novo momento. O interesse demonstrado por colegas e parlamentares em torno dos conceitos que defendemos e especialmente a partir da aprovação das nossas propostas demonstra que estamos no caminho certo e que esse contato com o Parlamento deve não apenas permanecer mas ser cada vez mais valorizado", disse Agostini. 
 
Confira na notícia abaixo mais detalhes sobre o seminário.

31/03/2010 - Matéria do JC cita falta de acordo para as propostas da Sefaz

Assembleia reajusta a BM e adia voto de projetos polêmicos
 
Textos sobre o magistério e o quadro da Fazenda não tiveram acordo

22/03/2010 - Servidores públicos protestam contra projeto

Tramita na Câmara dos Deputados o projeto de lei complementar PLP-549/2009, de autoria do líder do Governo, senador Romero Juca (PMDB/RR), estabelecendo que nos próximos dez anos o aumento anual do gasto com pessoal e encargos sociais dos servidores públicos não poderá ultrapassar a correção do IPCA acrescida de 2,5%. O Sindifisco Nacional, dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil, em conjunto com Sindserf, Sindfaz, Sindisprev e outros sindicatos realizam ato público às 10 desta terça-feira 23 de março, defronte o prédio do Ministério da Fazenda (Chocolatão) pedindo a retirada do projeto. A manifestação se repete em quase todos os Estados. O líder do governo na Câmara, deputado Cândido Vaccarezza (PT/SP), tem afirmado que o governo não abre mão do PL que já fo aprovado no Senado.Já o presidente do Sindifisco em Porto Alegre, Vilson Romero, disse que a categoria se integra á mobilização pela retirada do projeto que "estabelece novo arrocho salarial para os servidores públicos e ressuscita a política de desmonte do Estado praticada nos governos neoliberais". O dirigente reforça que, na prática, o texto congela os salários do funcionalismo pois o crescimento vegetativo da folha de salários ultrapassa anualmente os percentuais fixados pelos governistas.

Área restrita (login filiado)

CPF: Senha: